terça-feira, 28 de agosto de 2007

Por Incrível que Pareça: Novela

É minha gente, vou falar de novela... O motivo? Mais uma vez eu me irrito com o fim de uma delas. É um contracenso, eu sei: se não gosto, deveria é ficar feliz com o fim delas, certo? Acontece que essa eu meio que fiz questão de acompanhar, pois a trama me chamou a atenção, além do fato de não ser da Globo, cujas as produções já estão mais do que manjadas, com a mesma estória sempre e sempre. Trata-se da novela "Vidas Opostas", da Rede Record, que acabou. Pelo menos já fiquei feliz de haver alguma emissora que consiga fazer frente a poderosa Rede Globo. Foi assim no Pan, está sendo assim na programação normal, que já apresenta mais e melhores opções do que a Globo, e agora estão quase lá na teledramaturgia. Eu digo "quase" por dois motivos.

Primeiro: A própria Vidas Opostas em si e o seu final (que é o alvo da minha ira). Coroado por uma série de absurdos, o final da novela focou mais na guerra na favela, onde um grupo de traficantes tentava tomar a boca de um outro grupo, seguidos pela milícia (!) que também queria o ponto na mesma hora (!!). Trocas de tiros infindáveis, onde custava muito, mas muito mesmo para alguém ser atingido. As tramas secundárias foram sendo resolvidas, mas em alguns casos não viamos o desfecho, sendo ele contado apenas por algum personagem (terá sido por economia de gravação?). Outro disparate foi o bandidão arrebentar o mocinho de pancada, do lado da mocinha, e esta chorar quando o bandidão morre em seus braços, ao mesmo tempo que o mocinho jazia ao seu lado todo arrebentado. Talvez o pior tenham sido as barricadas feitas pelos moradores para impedir a fuga dos traficantes no meio do tiroteio. Imaginem a cena: bandidos armados até os dentes como medo de passar por um monte de móveis empilhados e de pessoas armados com paus e pedras! Repito: a novela não foi um primor, mas ganhava em originalidade e ousadia, e merecia um final melhor.

Segundo: Aproveitando o sucesso, nada mais coerente do que fazer uma novela melhor, que mantivesse a audiência anterior e ainda ganhasse novos telespectadores, certo? Um grande investimento foi feito, com cenas gravadas inclusive no exterior e o que acontece? Uma novela onde existem mutantes, do tipo X-Men!!! Gente, é sério: na propaganda eu vi um cara voando!!! voando!!! Como uma novela pode ser séria desse jeito? Desse jeito, até a novela do Zorro parecerá coerente, e olha que ela é ruim de doer!!!

Enquanto isso, continua a saga (na Globo) das gêmeas (a boa e a má) que trocaram tanto de lugar que nem elas sabem mais quem são na realidade...No fim das contas, espero mesmo é que a Globo perca mais e mais audiência, ou que pelos menos eles se sintam ameaçados a ponto de nos oferecer uma programação decente. Não só ela, mas todas as outras emissoras. Pelo menos até eu ter TV por assinatura em casa: depois, eu quero que eles se explodam!!!

Nenhum comentário: