quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Piadas

Cuidado com a rotina

Uma senhora pega um táxi e indica a direção do hotel onde está hospedada. O taxista, por incrível que pareça, nada disse durante todo o percurso, até que a senhora resolveu fazer-lhe uma pergunta e tocou levemente em seu ombro. Ele gritou, perdeu o controle do carro e, por pouco, não provocou um acidente de terríveis proporções! Com o carro parado sobre a calçada, a senhora, assustadíssima, virou-se para o taxista e disse:
- "Francamente... como é que eu ia saber que você dirige tão concentrado ao ponto de quase ter um treco por conta de um simples toque no ombro?"
- "Não me leve a mal, senhora, mas... é que esse é o meu primeiro dia como taxista".
- "E o que o senhor fazia antes disso?" - perguntou ela.
- "Eu, por 15 anos, fui motorista de carro funerário!"

Argentino

Um Argentino chegou na Rodoviária em São Paulo e pediu uma informação:
-Oye! Onde tiene un autocarro pra ir asta la estacion para apanhar um comboio para Itaquera?
- Aqui não chamamos autocarro, chamamos ônibus.
- OK. Entonces, como apanho o ônibus pra ir asta la estacion e apanhar o comboio?
- Aqui não chamamos estacion, chamamos ferroviária.
- Muy bien. Entonces, onde tem o ônibus pra ir até à ferroviária e apanhar o comboio?
-Aqui não chamamos comboio, chamamos trem.
- Caramba! Entonces, my hermano, como apanho o ônibus pra ir à ferroviária para apanhar o trem?
- Aqui não dizemos apanhar, mas sim pegar. - Carajo, dejas de bromas!! Muy bien, como pego o ônibus pra ir à ferroviária para pegar o trem?
- Não precisa ir, é aqui mesmo...
- P....! Hay que preguntar: Como é que ustedes chamam 'filho de la putana'acá en Brasil???
- Não chamamos. Eles vêm da Argentina sem ninguém chamar.

Nenhum comentário: